Moradores dos municípios de Areado, Cabo Verde e Jacuí, ambos no Sul de Minas, e de Pains, no Centro-Oeste do Estado, viveram momentos de terror na madrugada desta sexta-feira (6). A primeira cidade atacada por criminosos foi Areado. Segundo a Polícia Militar, pouco depois da meia noite, cerca de vinte homens, fortemente armados, em motos e caminhonetes, aterrorizaram a população. Foram ouvidos diversos tiros e três agências foram explodidas.

De acordo com a PM, no Banco do Brasil, o grupo explodiu dois cofres, levando grande quantidade de dinheiro. No Bradesco, os criminosos estouraram os caixas de autoatendimento e o cofre, levando também grande quantidade de dinheiro, além de armas e munição. E no Sicoob, houve muita destruição, mas nada foi levado. 

Uma pequena joalheria, que fica na praça Henrique Vieira, no centro da cidade, teve as portas de vidro danificadas. Toda a mercadoria avaliada em R$ 15  mil foi levada. Outras lojas também foram atingidas por tiros, conforme informações da PM. Toda ação durou cerca de 50 minutos.

Em seguida, os suspeitos fugiram por uma estrada que dá acesso à rodovia BR-491. Foram registrados assaltos em agências de Cabo Verde, por volta de 2h30 da madrugada; em Jacuí, às 4h30; e também em Pains. 

A PM não sabe informar se o mesmo grupo participou de todas as ações. Até às 16h40 desta tarde, ninguém havia sido preso.

Veja vídeo:

 

 

Leia mais:
Criminosos fazem cordão humano com reféns durante assalto a banco
Policial é morto em assalto a bancos em Conchas