O governador Romeu Zema (Novo) foi até Santa Maria de Itabira, na região Central do Estado, neste domingo (21), para acompanhar de perto os estragos que a chuva causou na cidade, que até o momento deixou dois mortos e ainda há quatro pessoas desaparecidas. O chefe do Executivo estadual confirmou apoio do governo para a recuperação da cidade de pouco mais de 10 mil habitantes.

 

Zema também explicou que chuvas dessa intensidade não são frequentes na cidade. "Conversei com o prefeito e ele me disse que a última vez que Santa Maria do Itabira foi atingida por chuvas como essa foi há 42 anos. Ou seja, é incomum esse grande volume de chuvas em curto espaço de tempo", explicou.

Questionado sobre quais serão as ajudas que o Estado prestará ao município, o governador afirmou que a Defesa Civil Estadual já foi mobilizada para dar suporte aos desabrigados e que também foram enviados materiais de limpeza e ajuda. 

Romeu Zema também afirmou que o prefeito Reinaldo das Dores Santos (PSD) "deverá decretar situação de calamidade pública, o que permitirá receber recursos do governo federal para recuperação de estruturas afetadas, com ruas, pontes e etc.", disse o governador.