A chegada do inverno, no último sábado (20), já mostra que o tempo será seco, com pouca chuva e umidade relativa do ar baixa, o que favorece o aumento de queimadas e de doenças respiratórias. Nesta terça-feira (23), a Defesa Civil de Belo Horizonte fez um alerta metereológico para a baixa umidade do ar, em torno de 30%, nesta data e nos próximos dias. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o índice de umidade considerado confortável para o ser humano é em torno de 60%.

De acordo com o órgão municipal, os cidadãos precisam redobrar a atenção com a situação, que deve se manter até as 18h de quinta-feira (25). Entre as recomendações da Defesa Civil, estão o reforço na hidratação durante todo o dia e a escolha de alimentos e frescos.

 Veja abaixo:

- Hidrate-se durante o dia;⠀
- Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;⠀
- Evite frituras;⠀
- Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;⠀
- Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas;⠀
- Evite banhos com água quente, para não potencializar o ressecamento da pele, se necessário use hidratante;⠀
- Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;⠀
- Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

Inverno seco

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Sudeste, o trimestre de junho a agosto é o período mais seco da região, especialmente no norte de Minas. Assim sendo, segundo o órgão, a chuva deverá ter incidência próxima ou ligeiramente abaixo da média. A exceção fica com o litoral do Rio de Janeiro, sul e extremo oeste de São Paulo, onde a chuva deve ser ligeiramente acima do normal.

A temperatura também deve ficar acima da média em grande parte da região, exceto no norte de Minas e no Espírito Santo, onde deve ficar próxima ou ligeiramente abaixo da média.

(Com Agência Brasil)