O menino de 10 anos, que estava desaparecido há três após sair de casa acompanhado da irmã, de 15 anos, no bairro Dom Silvério, na região Nordeste de Belo Horizonte, foi localizado na noite desta terça-feira (2). Mais cedo, a irmã, uma adolescente de 15 anos, já havia sido encontrada pela Polícia Militar no bairro Teresópolis, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo informações de uma tia, Marcos Leandro Gonçalves de Oliveira teria procurado uma delegacia na avenida Amazonas, na região Oeste de Belo Horizonte. Ela não soube informou o estado de saúde do menino e nem onde ele esteve durante esse período. Informou apenas que a mãe tinha ido ao local após ser informada de que ele teria descido de um ônibus e procurado a polícia.

Os dois estavam sumidos desde o último sábado (29), após saírem de casa juntos. 

A  vendedora Rozimar Alves de Oliveira, de 34 anos, contou que era por volta das 16h de sábado quando a filha pediu para fazer um trabalho escolar. "Eu falei que sozinha ela não iria e pedi para o Marcos, que estava andando de bicicleta na rua, para ir com ela. Ele arrumou e eu entrei no quarto pra pegar um dinheiro para eles comprarem um sorvete e, quando voltei, eles já tinham saído", explicou.

Desde então, a única informação que ela teve foi um vídeo publicado numa rede social  pela adolescente. "Ela estava dentro de uma casa, parecia um quarto, com um guarda-roupa branco. No canto do quarto aparece um menino que parece muito com o meu filho, mas ele tinha piercing na sobrancelha e na orelha. Só tenho certeza de ver a minha filha no vídeo, ela está em pé e com o meu celular na mão", finalizou Rozimar.

A Polícia Civil vai investigar o sumiço dos irmãos.

*Com José Vítor Camilo

Leia mais:
Após três dias sumida, adolescente é encontrada em Betim, mas irmão de 10 anos segue desaparecido