Enquanto ao longo de todo o ano de 2018 a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) precisou substituir 1.609 grelhas de bueiros, uma média de 134 por mês, este tipo de manutenção já chegou a 1.430 apenas no primeiro semestre deste ano. Com isso, 2019 já atinge 238 trocas de bueiros por mês, um aumento de 77,6% em relação à média do ano anterior, com um gasto até agora de R$ 500 mil. Para se ter ideia, o município gastou R$ 878 mil somando todos os reparos feitos em 2017 e 2018. 

Em 2017, ao todo foram realizadas 900 trocas. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (4) pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap). O órgão explica que as manutenções/trocas são motivadas tanto pelo desgaste natural do tempo como por vandalismo ou furto. "Estima-se que cada grelha, incluído o preço do material, mão de obra e demais serviços, tenha o valor unitário de R$ 350,00", completou. 

Questionada sobre o que está sendo feito para evitar o furto dos bueiros na capital, a Sudecap explicou que isso ocorre principalmente com as grelhas de ferro fundido. "Para mitigar esse problema, o procedimento que as equipes de manutenção das Regionais adotam é substituir, conforme a necessidade, o quadro de ferro fundido por um kit de quadro/caixilho e grelha de concreto armado"

Por fim, o órgão informou que o serviço de reposição de grelhas de bueiros podem ser solicitados por qualquer cidadão pelos canais oficiais de atendimento: o Sacweb, disponível no site da PBH; o aplictivo PBH APP; ou pelo telefone 156. 

Leia mais:
Rato 'gordinho' fica preso em buraco e é salvo por bombeiros; assista
Bueiro 'cede' e homens caem em pleno Centro de BH; um quebrou a perna
Bocas-de-lobo viram armadilhas nas ruas de Belo Horizonte