Vídeos, que teriam sido feitos por presos, mostra a ação de agentes no interior do Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), as balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio foram necessárias após presos resistirem aos comandos dos oficiais durante revista rotineira nas celas, ocorrida na manhã de quinta-feira (22). 

"Durante a ação, quatro presos ofereceram resistência aos comandos dos agentes, sendo necessário o uso de força progressiva. Eles sofreram escoriações e foram atendidos no setor de saúde da unidade prisional; posteriormente, foram levados ao IML para exame de corpo de delito, retornaram à unidade prisional e passam bem", diz a nota divulgada pela pasta. 

Ainda de acordo com a secretaria, as buscas resultaram na apreensão de quatro celulares e um chuço (faca artesanal), que estavam em uma das celas. "Os responsáveis pelos materiais serão identificados e poderão sofrer sanções administrativas. A unidade segue sua rotina", conclui o texto. 

Confira outro vídeo que mostra ação: 

Leia mais:
Coronel reformado entra em faculdade e ameaça aluna e professora; confira vídeo e áudio da confusão
Após rapto de criança, presos da Nelson Hungria ordenaram sequestro em Bom Despacho; veja vídeo
Vídeo mostra andarilho ateando fogo em mulher no Centro de Ouro Fino; assista