O feriado do Dia do Trabalhador, lembrado nesta sexta-feira (1º), terá alterações neste ano devido à pandemia de Covid-19. A principal delas está na realização da missa do trabalhador sem a presença de fiéis, pela primeira vez em 44 anos. Além disso, a Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) distribuirá cestas básicas em Belo Horizonte e retransmitirá live com shows de artistas.

Celebrada desde 1976 na Praça da Cemig, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a tradicional Missa do Trabalhador ocorrerá sem a presença de fiéis neste 1º de maio. O ato eclesiástico, que costuma reunir cerca de cinco mil pessoas, será transmitido ao vivo, a partir das 9h da manhã desta sexta, pela TV Horizonte e redes sociais.

De acordo com a Arquidiocese de Belo Horizonte, a celebração será conduzida pelo bispo auxiliar Dom Vicente Ferreira, diretamente da Cúria Regional de Contagem, e terá duração de uma hora.

Veja onde assistir a Missa:

TV Horizonte – canal 30 (não pode ser sintonizada na TV a cabo, apenas no sinal aberto e gratuito)
Facebook da TV Horizonte: https://www.facebook.com/tvhorizonteoficial
YouTube da TV Horizonte: https://www.youtube.com/user/tvhorizonte

Comércio fechado

Seguindo os decretos municipais, o comércio estará, em sua maioria, fechado nesta sexta-feira. Em Belo Horizonte, apenas estabelecimentos de serviços essenciais, como supermercados, padarias e farmácias, estarão abertos. De acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL/BH), os horários de funcionamento desses locais no feriado são definidos pelos próprios comerciantes.

1º de Maio Solidário

Diferentemente de outros anos, a Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) não realizará atos públicos em respeito às restrições recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) neste feriado. Na ocasião, haverá distribuição de 200 cestas básicas e 200 refeições prontas para a população de rua em Venda Nova, na região Norte de BH. Já na Pedreira Prado Lopes (Noroeste), a entidade afirmou que haverá doação de 200 cestas básicas e 50 vale-gás de cozinha. 

Com o tema "Saúde, emprego e renda. Em defesa da Democracia. Um novo mundo é possível", a CUT Nacional fará, a partir das 11h30, uma transmissão ao vivo organizada por diversas centrais sindicais, com apresentação de artistas como Chico César, Zélia Duncan e Otto. O conteúdo será acessível por meio deste link.