Um dia dedicado à conscientização sobre a importância de lavar as mãos pode parecer exagero, mas esta é a ideia por trás do Dia Mundial da Lavagem de Mãos, celebrado nesta terça-feira (15). O gesto que, para muitos, parece trivial ou, até automático, pode ajudar a salvar vidas. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o simples ato de lavar as mãos reduz em até 40% o risco de contrair doenças como gripe, diarreia, infecção estomacal, conjuntivite e dor de garganta. Não por acaso, o gesto é reconhecido pela OMS como um dos principais instrumentos contra epidemias. 

Além disso, um estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostrou que 41% das mortes de recém-nascidos podem ser evitadas pelo simples ato de higienizar as mãos, eliminando, assim, chances de infecção trazida por vírus e bactérias. 

Apesar de parecer fácil, é importante seguir um protocolo na hora de higienizar as mãos, para garantir que se livrou dos germes e bactérias.

Veja abaixo como lavar as mãos em cinco passos:

-  Usar sabão ou detergente;

- Esfregar as palmas das mãos;

- Esfregar todos os dedos e os espaços entre os dedos;

- Esfregar as pontas dos dedos e as unhas;

- Retirar o sabão com água e enxugar bem, com um pano limpo.

* Fonte: Ministério da Saúde. 

Leia mais:

Nobel de Economia 2019 vai para iniciativa em aliviar a pobreza no mundo
Detecção precoce e determinação do paciente fazem a diferença no tratamento contra o câncer de mama
Mineiro que se curou de câncer terminal com tratamento inédito está pronto para voltar pra casa