A direção do Hospital Vila da Serra confirmou que um homem de 70 anos, internado há dois meses para tratamento de um câncer, está em regime de isolamento por causa de infecção por superbactéria. Na tarde desta terça-feira (11), durante coletiva de imprensa, Estevão Urbano, coordenador da Comissão de Controle de Infeção da unidade de saúde, disse que o paciente tem o quadro de saúde estável e não quis minimizar o problema, mas garantiu que a situação está sob controle.
 
Há chances de que o idoso esteja contaminado pela bactéria KPC. Entretanto, os testes confirmatórios sobre o tipo de bactéria serão realizados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed) e devem ficar prontos em até 40 dias. A KPC teria sido a causa de três mortes, recentemente, em um hospital de Montes Claros, no Norte de Minas. 
 
O paciente está isolado desde a última quarta-feira (5), quando começou a apresentar sinais de uma infecção. "Independentemente de ser ou não a KPC, os cuidados em relação a bactérias resistentes a antibióticos, muito comuns em ambientes hospitalares, são os mesmos e seguem protocolos estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde", explicou o infectologista Estevão Urbano.
 
Caso seja confirmado, este será o primeiro caso de contaminação por KPC na instituição. Descoberta há pelo menos 14 anos, a bactéria só pode ser tratada por três medicamentos. 
 
Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde confimou ter sido notifcada sobre três casos de infecção por KPC em um hospital da Grande BH. No entanto, o órgão não divulgou o nome da unidade de saúde.
 
Atualizada às 17h12.