O diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), Fabrício Torres Sampaio, morreu nesta sexta-feira (12), vítima da Covid-19. A informação foi confirmada pelo governo de Minas. 

Nas redes sociais, o governador do Estado, Romeu Zema, lamentou a morte e prestou solidariedade à família do gestor. “Presto solidariedade aos familiares e amigos do diretor-geral do DER-MG, Fabrício Torres Sampaio, mais uma vítima da Covid-19. Dr. Fabrício andava sempre com um mapa debaixo do braço e tinha de pronto a resposta para qualquer pergunta sobre as nossas estradas. Deixará saudades”, escreveu.

Nascido em Itabira, na região Central de Minas, Fabrício Sampaio era formado em engenharia civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e possuía especializações em pavimentação rodoviária, conservação rodoviária e dimensionamento de pavimentos, sendo as duas últimas realizadas na França e Inglaterra, respectivamente.

Funcionário de carreira do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG), iniciou seus trabalhos profissionais no órgão em 1972 e, além do cargo de engenheiro, foi chefe dos Escritórios Especiais de Obras de Teófilo Otoni e Belo Horizonte, quando foi responsável pela coordenação das obras de construção das Vias Expressas Leste-Oeste e a rodovia MG 424.

Foi, ainda, chefe da Assessoria de Planejamento e Coordenação, assessor técnico do diretor-geral, vice-diretor-geral e diretor de Operação de Vias. Também ocupou o cargo de subsecretário de Transportes da Setop e os cargos de secretário-adjunto e secretário de Estado da Secretaria Extraordinária de Assuntos Especiais, além do de diretor técnico da Companhia de Distritos Industriais.

Leia mais:
Minas registrou queda de 32,9% em casos de crimes violentos em 2020
Zema faz apelo e pede que população jovem espere momento 'mais adequado' para comemorar Carnaval
Homem é investigado por vender e aplicar suposta vacina contra a Covid em Minas