Um homem foi preso pela Polícia Militar na madrugada deste sábado (24) em Lourdes, Centro-Sul de Belo Horizonte, com sinais aparentes de embriaguez. Durante o registro da ocorrência, o suspeito mordeu e agrediu com socos os policiais. 

De acordo com a corporação, o homem, de 28 anos, estava em uma Saveiro, por volta de 5h, tentando fazer um retorno proibido entre as ruas Bernardo Guimarães e São Paulo. Ele foi abordado por uma viatura da PM e, ao descer do carro, os policiais suspeitaram que o motorista estava embriagado, devido ao andar cambaleante, olhos avermelhados e hálito etílico. 

Conforme a PM, o homem foi detido, mas reagiu a prisão e tentou fugir à pé. Contudo, ele foi alcançado por um militar, mas agrediu o policial com socos e chegou a morder o rosto e a mão do agente de segurança. 

Após as agressões, o suspeito tentou novamente fugir, mas foi preso na avenida Olegário Maciel. O suspeito ainda disse aos militares que tinha muito dinheiro e conhecidos em cargos importantes da corporação e se negou a fazer o teste do bafômetro. O policial mordido pelo preso foi atendido no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII e médicos precisaram realizar uma sutura na mão do militar. 

O homem também precisou de atendimento clínico, pois sofreu escoriações enquanto fugia da PM, e foi atendido na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Centro-Sul. O motorista teve a carteira de habilitação recolhida e o carro apreendido. O homem foi encaminhado ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran) onde foi autuado no artigo 306 da Lei de trânsito 9.503, que trata da condução de veículo sob efeito de bebida alcoólica. 

Conforme a Polícia Civil, ele já tinha passagens por dirigiri embriagado. O condutor também foi detido por desobediência e por ofensa à integridade física. Segundo a corporação, o caso não foi passível de pagamento de fiança e o homem foi encaminhado ao sistema prisional.