Moradores do grupo de risco do novo coronavírus de Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado, não precisarão enfrentar longas filas para buscar remédios na Farmácia Regional (Farmácia de Minas). A partir desta quinta-feira (21), pacientes portadores de asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e hipertensão pulmonar serão contempladas pelo programa Medicamento em Casa. 

O anúncio da ampliação da medida foi feito pelo governador Romeu Zema nessa quarta-feira (20). 


O principal objetivo do Medicamento em Casa é proteger pacientes do grupo de risco da Covid-19 e evitar aglomerações nas Farmácias Regionais.

Divinópolis é quarta cidade mineira que recebe o projeto iniciado no mês passado. As entregas dos medicamentos também são realizadas em Juiz de Fora, Belo Horizonte e Uberlândia. 

A reportagem aguarda resposta da Secretaria Estadual de Saúde (SES) para confirmar quantas pessoas serão contempladas pelo programa no município. 


Como funciona

A medida é uma parceria entre o governo do Estado e a empresa “99 Táxi” As pessoas beneficiadas recebem uma ligação na véspera do próximo atendimento agendado, para informar sobre a entrega. Por isso é importante que o cadastro esteja atualizado, e pode ser feito pelos canais de atendimento do Whatsapp (31) 98282-4324 e e-mail medicamentoemcasa@saude.mg.mg.gov.br.

O Estado realiza um levantamento a partir da demanda de medicamentos nos próximos três meses para que as pessoas contempladas recebam remédios em uma quantidade suficiente para o período. 

Números

Com 133 casos confirmados e uma morte, Divinópolis é a quarta cidade com mais pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus em Minas Gerais. Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberlândia – as outras três cidades contempladas pelo programa Medicamentos em Casa – lideram o ranking de contaminações por Covid-19.