Moradores das comunidades atingidas pela tragédia de Mariana, decidiram em votação, que o dinheiro arrecadado pela campanha SOS Mariana, R$ 1.025 milhão, será dividido entre os chefes das famílias afetadas.

A votação ocorreu no último sábado, mas o resultado só foi apurado ontem à noite. Ao todo, foram 354 votantes, dos quais, 274 votaram a favor deste repasse. A outra possibilidade em questão era dividir o dinheiro para cada pessoa prejudicada na tragédia.

Porém, o recurso não será repassado agora aos moradores, porque a comissão irá antes consultar o Ministério Público para saber se o valor deve ser pago apenas às famílias desabrigadas pela tragédia, 263, que estão alojadas em imóveis alugados pela Samarco, ou também deve beneficiar outras 80, que foram atingidas indiretamente.

A previsão é de que os pagamentos sejam realizados até o fim deste mês, pelo Banco do Brasil.