Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram executados com tiros na cabeça na tarde do dia de Natal no bairro Santos Dumont 2, em Lagoa Santa, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por volta das 18h desta quarta-feira (25), os corpos dos dois foram localizados no meio da rua Mendes Junior e a motivação pode ter sido vingança, de acordo com familiares das vítimas. 

Conforme relatos da mãe e de uma tia de um dos rapazes, o principal suspeito do crime é o dono de uma oficina mecânica que foi ferido pelos adolescentes na segunda-feira (23). Os jovens teriam atacado o homem com uma faca e um facão e foram apreendidos na ocasião. Mas eles foram soltos no dia seguinte e deveriam retornar ao centro educacional nesta quinta (26).

A tia de uma das vítimas contou que viu o dono da oficina mecânica rondando as casas dos meninos desde a segunda-feira. Com essas informações, a Polícia Militar foi até a casa do suspeito e o encontrou dormindo.

Questionado se teria matado ou mandado assassinar os adolescentes, o dono da oficina negou. Ele confirmou que foi ferido pelos jovens, que teriam roubado pertences da oficina.

Segundo ele, dois sobrinhos seus afirmaram que iriam “recuperar o prejuízo”, mas não soube dizer se eles seriam os responsáveis pelas execuções. Os dois sobrinhos são conhecidos pelos policiais por terem sido presos várias vezes. Houve diligências em busca dos dois, mas eles não foram encontrados.

O dono da oficina foi levado à delegacia para prestar depoimento. O caso foi encaminhado à delegacia de plantão de Vespasiano.

Leia mais:
Homem é esfaqueado, amordaçado e queimado às margens da BR-040
Esteticista suspeita de usar silicone industrial em clientes tem pedido de liberdade negado