Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento no abuso sexual de uma criança no Leste de Minas Gerais. Os estupros teriam ocorrido, de acordo com a polícia, entre 2018 e 2019, quando a vítima tinha apenas 10 anos.

Um dos detidos, de 56, já foi vereador na cidade de Pocrane, também na região, e era vizinho do avó da menina. Ele foi capturado nessa segunda-feira (26) em Ipanema. Já o segundo suspeito, de 34 anos, preso na sexta (23), é ex-padrasto da garota.

Segundo a Polícia Civil, a dupla, durante as investigações, teria coagido a mãe e o avô da vítima para que não prestassem depoimento. Por isso, a prisão de ambos foi autorizada pela Justiça, para que os agentes continuem analisando o caso.

De acordo com a apuração, os suspeitos teriam se aproveitado da liberdade que tinham no ambiente familiar para estuprar a vítima. Em 2020, a criança foi ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e a família tomou conhecimento do que acontecia. 

Os dois homens permanecerão no sistema prisional, inicialmente, por 30 dias, até a conclusão do inquérito. A prisão pode ser convertida em preventiva.

Leia mais:

Adesão às aulas presenciais é de 50% entre famílias de crianças de até 5 anos na rede pública de BH
Empresário que se calou na CPI da BHTrans consegue segunda liminar para não comparecer
CPF dos estudantes será informação obrigatória para o cadastro escolar em Belo Horizonte