É comum fazer planos para o novo ano. O Doutores da Alegria, porém, se dispôs a querer mais: mudar de sede e de nome – passa a se chamar Instituto HaHaHa – e ampliar sua atuação para além do ambiente da saúde. Sem deixar de dedicar atenção a milhares de crianças hospitalizadas, carentes de perspectivas de uma vida melhor e mais risonha.

Recém-apartada da organização do Doutores, que mantém outros núcleos em São Paulo, Rio e Recife, a nova pessoa jurídica mantém as visitas semanais às enfermarias pediátricas dos hospitais das Clínicas, da Baleia e Santa Casa, o que realiza desde 2007. E neste segundo semestre, pretende estender sua presença a mais um hospital público de Belo Horizonte.

Prevê mais: não se restringir só à intenção terapêutica, mas atuar em outros ambientes (palcos, praças, espaços alternativos) e chegar com mais constância ao interior, inclusive, levando cursos que repassem as técnicas do palhaço em hospital.
Para isso, o HaHaHa abriu inscrições para buscar dois novos integrantes.
 
Interessados devem enviar currículo para contato@institutohahaha.org.br até o próximo dia 17. As audições serão na nova sede, na rua Goitacazes, no Centro.

Formado pelos atores/palhaços Eliseu Custódio, Gyuliana Duarte, Francis Simões, Janaína Morse, Assis Benevenuto e Diego Gamarra, o instituto conta com as leis de incentivo à cultura para levar, gratuitamente, os benefícios que o riso traz às crianças enfermas e ao ambiente hospitalar. Em cinco anos, essa “missão” atingiu 60,5 mil pessoas (pacientes e seu entorno), sendo 10 mil em 2012.
 

Instituto HaHaHa - Doutores da Alegria