Na noite deste domingo (14), a Polícia Militar de Uberaba, no Triângulo Mineiro, registrou dois casos de mulheres agredidas por ex-companheiros. No bairro Santos Dumont, um homem deu socos no rosto da companheira, de 23 anos, enquanto ela segurava a filha do casal, de apenas 1 mês de idade. Ele também teria agredido outra filha, de 7 anos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), o homem, de 22 anos, agrediu a vítima porque ela teria passado o dia com as amigas e feito uso de bebida alcoólica. Ao chegar em casa, a mulher passou mal e isso teria incomodado o companheiro. Após agredi-la com socos, ele saiu de casa e não foi encontrado pelos policiais militares.

O outro caso aconteceu no bairro Conjunto Uberaba Um. A vítima, de 27 anos, relatou que estava em uma festa infantil e sentada na calçada, conversando com amigos. Ao avistar o ex-marido passando pela rua em um carro, a mulher correu e teria sido perseguida por ele. Segundo o BO, o homem a alcançou, desceu do carro e a agrediu com socos.

De acordo com relato da vítima, o homem teria tentando enforcá-la, mas foi impedido pelos amigos dela, que contiveram as agressões. A vítima sofreu escoriações pelo corpo e um corte na cabeça. Ela foi socorrida até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade por amigos. O suspeito, de 30 anos, foi autuado por lesão corporal.