Duas pessoas suspeitas de terem roubado a Câmara Municipal de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em abril, foram presas em operação da Polícia Civil nesta quarta-feira (9). Outros dois envolvidos estão foragidos. Além disso, os agentes atuam no cumprimento de sete mandados de busca e apreensão.

De acordo com a corporação, um chaveiro com a identificação da Casa do Legislativo foi confiscado na casa de um dos detidos. 

A ação faz parte da operação Pritaneu, que tem o objetivo de apurar a participação de um grupo na invasão do imóvel público na madrugada de 4 de abril.

Na ocasião, o porteiro do prédio foi rendido por dois homens, sendo que um deles estava armado. Os criminosos levaram diversos itens, incluindo revólveres, coletes e munição.

Aguarde outras informações.

Leia mais:
CPI dos Fura-fila ouve secretários do governo de Minas sobre gastos durante a pandemia; veja ao vivo
CPI da BHTrans ouve ex-presidente da empresa nesta quarta-feira

Última fase da vacinação contra gripe começa com apenas 34% do público-alvo imunizado em Minas