Dois homens foram presos suspeitos de matar um idoso em Campos Gerais, no Sul de Minas. A vítima, segundo as investigações da Polícia Civil, foi agredida com socos e morta por asfixia nessa quarta-feira (4).

O crime ocorreu durante a madrugada. Os suspeitos, que eram cunhados e estavam há pouco tempo na cidade, entraram na casa da vítima, de 67 anos, que morava sozinho, para roubar a aposentadoria do idoso recebida no dia anterior. Enquanto procuravam pelo dinheiro, o dono da casa acordou e disse que iria pegar o dinheiro, mas quando os autores perceberam que ele pediria por socorro, as agressões começaram e um deles o asfixiou com as próprias mãos.

Os suspeitos fugiram sem levar nenhuma quantia em dinheiro e foram presos horas depois numa construção. Segundo o delegado Eduardo Braga, eles confessaram o crime e deram detalhes do planejamento e execução. “A vítima, segundo as investigações, fazia o uso de bebida alcoólica todos os dias, era aposentada e havia recebido o salário da aposentadoria. Eles então planejaram entrar na casa, pularam o muro e solicitaram a quantia. A vítima levantou e disse que ia procurar o dinheiro e quando eles perceberam que o homem ia pedir socorro, eles iniciaram as agressões”, explicou Braga.

A dupla já foi encaminhada ao presídio e responderá pelo crime de latrocínio. Ainda de acordo com o delegado, as investigações ainda prosseguem para saber se houve a participação de mais pessoas.

Leia mais:
Homem que negociava drogas sintéticas pela internet é preso no Caiçara 
Preso no Norte de Minas homem suspeito de estuprar a própria filha