Dois homens são procurados em Ipatinga, no Vale do Aço, por invadir o velório de Tayron Viana de Souza, de 18 anos, ameaçar os presentes, atear fogo no caixão e ornamentação do funeral, na madrugada desta segunda-feira (8).
 
Segundo a Polícia Militar, membros de um grupo rival que seriam os autores do crime. A dupla chegou armada, em uma moto, sendo um de cor clara, vestindo uma blusa de moletom e com óculos de grau, e o segundo moreno, magro e alto. A PM faz buscas pelos suspeitos. 
 
Após expulsar familiares e amigos de Tayron, a dupla ainda pichou frases na parede do salão onde o corpo era velado. Os próprios presentes que apagaram as chamam, que atingiu também o cadáver. Um novo velório foi realizado na manhã desta segunda, no Cemitério Municipal Parque Senhora da Paz, no bairro Veneza II, em Ipatinga.
 
Tayron foi morto por tiros, quando estava em uma lanchonete. Ele foi baleado na última quinta-feira (4), mas faleceu na noite de sábado (6). O suspeito foi preso pouco depois do homicídio e confessou o crime.