A falta de dinheiro para pagar a pensão alimentícia dos filhos foi a justificativa dada por dois homens para roubar um moto-taxista, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Um jovem, de 24 anos, contou que ligou para o amigo dele, de 21, propondo fazer o assalto. O homem topou e os dois pegaram um ônibus no bairro Maria Rezende em direção ao Minas Gerais. Por um telefone público, eles acionaram um moto-taxista.

Quando o homem chegou ao local, a dupla anunciou o assalto. Eles pegaram o veículo e pretendiam desmanchar a motocicleta, mas foram flagrados na avenida Airton Borges da Silva, no bairro Distrito Industrial.

Durante a prisão, eles contaram que precisavam de dinheiro para pagar a pensão alimentícia dos filhos. O não-pagamento do benefício pode levar à prisão, mas a dupla não conseguiu evitar esse destino, uma vez que recorreram a uma prática ilegal para arrumar o dinheiro.