Bombeiros e agentes da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) precisaram ser acionados na manhã desta sexta-feira (31) para conter um vazamento de gás na avenida Vilarinho, região de Venda Nova. Segundo o Corpo de Bombeiros, que encaminhou viaturas ao local, uma equipe contratada fazia sondagem no canteiro central, em frente à rede de restaurantes Habib's, quando perfurou um duto de gás da Gasmig. Apesar do risco, ninguém ficou ferido. 

Com a ocorrência, parte da via precisou ser interditada, conforme a BHTrans. Isso foi o suficiente para que o trânsito na região ficasse complicado para motoristas e passageiros que buscavam rotas alternativas para acessar o central da capital mineira e os bairros de Venda Nova. Segundo a BHTrans, com a interdição algumas linhas do Move, como 61, 63 e 64 precisaram ser desviadas.

Em direção à região central de BH, os veículos teriam que pegar a rua Bernardo Ferreira da Cruz, a Padre Pedro Pinto e, em seguida, a avenida Pedro I. No sentido bairro, no entanto, depois que as linhas saíssem da Perdro I, passariam pela rua Antônio Ferreira da Cruz, em seguida pela Marciana Carneiro, Bernardo Ferreiro da Cruz e, finalmente, avenida Vilarinho. Equipes da BHTrans auxiliavam nos desvios.

O reflexo, porém, se expandiu para outras vias de Venda Nova, como a Doutor Álvaro Camargos, que teve um fluxo maior do que o previsto para o horário, segundo pessoas que acompanharam o tráfego pesado. A via é um dos acessos alternativos e passa pelos bairros São João Batista e Santa Mônica. 

A princípio, moradores teriam suspeitado que houvesse um vazamento de gás dentro da rede de restaurantes. O Habib's foi procurado pela reportagem para comentar o caso, mas não respondeu até a publicação desta matéria. A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) também foi contactada pelo Hoje em Dia, mas também não havia se posicionado.