O cantor Eduardo Costa se envolveu em uma nova polêmica. Desta vez, uma fala do músico sobre Brumadinho, na Grande BH, onde o rompimento de uma barragem em 2019 deixou 259 mortos, causou revolta nas redes sociais.

Em vídeo, o artista comentava com os seguidores que pretendia fazer uma live no município mineiro, mas acabou pesando nas palavras ao dizer que a cidade "cheira corpo, cheira morte".

"Não está 100% definido. Estamos procurando um lugar. Como a cidade foi devastada, é difícil um lugar em Brumadinho para se fazer qualquer tipo de evento. A cidade está totalmente devastada. Aquele lugar cheira corpo, cheira morte. Só quem passa lá que vê", disparou. 

A declaração não repercutiu bem na internet e o vídeo foi apagado das redes sociais do cantor. A prefeitura de Brumadinho se manifestou e, em nota, disse que lamenta a infeliz colocação que o sertanejo fez sobre a cidade. 

"Eduardo Costa é um artista que sempre teve um carinho enorme por Brumadinho e esse carinho sempre foi recíproco por parte da população. Por isso, queremos crer que o cantor, talvez por falta de informação sobre a real situação do município, tenha cometido um equívoco que possa e precisa ser reparado", declarou a prefeitura.

A reportagem do Hoje em Dia entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor e aguarda retorno.

Assista a declaração:


Em janeiro do ano passado, Brumadinho foi palco de um dos maiores desastres ambientais do Brasil. Uma barragem de rejeitos rompeu e devastou parte da cidade. A enxurrada de lama deixou 270 mortos, sendo que 11 corpos ainda não foram encontrados.

Veja abaixo a reação de alguns internautas sobre a fala de Eduardo Costa:

Leia também:
Gusttavo Lima "rouba" Eduardo Costa e deixa sertanejo nervoso
Ex de Eduardo Costa afirma que sertanejo deixou Helen Ganzarolli para se casar com ela
Sertanejo Eduardo Costa se pronuncia após confusão em show nos EUA; assista aos vídeos