O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) inicia, nesta quarta-feira (30), as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

Os interessados poderão se inscrever na Página do Participante, até 14 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 85 e o pagamento deve ser feito por aqueles que não estão isentos, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança).

Os resultados finais das solicitações de isenção foram divulgados pelo Inep, no dia 25 de junho, e estão disponíveis na Página do Participante.

Os interessados em fazer o Enem 2021 deverão realizar a inscrição no exame, isentos ou não. O Inep preparou um passo a passo para ajudar na inscrição. Para isso, basta acessar a Página do Participante, no endereço eletrônico enem.inep.gov.br.

Provas

As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, tanto a versão digital quanto a impressa. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Inscrição: veja como proceder

Para o Enem 2021, mesmo quem recebeu a isenção da taxa precisa se inscrever. Além disso, para conseguir acessar a Página do Participante, é necessário ter um cadastro no gov.br. 

O interessado deve informar CPF. Se você não tiver nenhum cadastro, o site vai te direcionar para a criação de uma conta. Caso já tenha feito o cadastro, coloque sua senha.

Feito isso, será necessário fazer a inscrição pelo site do Inep. Primeiro, você passe por uma etapa de segurança clicando em uma imagem que represente uma palavra solicitada pela assistente virtual. Depois, serão pedidos alguns dados pessoais, como seu CPF e data de nascimento. 

Em seguida, é necessário preencher sexo, cor/raça, estado civil, nacionalidade, cidade e estado onde nasceu e o número do seu RG. Por fim, será pedido o CEP do lugar onde você mora. 

Após confirmar seu endereço, você precisará preencher o complemento e o número da sua casa ou apartamento.

Versão digital e impressa

Existem diferenças entre o Enem digital e o impresso. A edição digital de 2021 oferece 101.100 vagas e é apenas para estudantes matriculados no terceiro ano do ensino médio ou para quem já terminou. 

A impressa não tem limite de vagas e também pode ser feita por alunos que são treineiros. No entanto, o estudante pode pedir atendimento especializado nas duas versões. 

No Enem 2020, a aplicação ocorreu em finais de semana diferentes. Desta vez, como acontecerão na mesma data, as provas dos dois formatos terão as mesmas questões e proposta de redação. 

(*) Com Agência Brasil 

Leia mais:
Provas da 16ª Olímpiada de Matemática serão aplicadas até 3 de agosto
Reality que dará bolsa de estudos de até 100% em faculdades está com inscrições abertas
MEC publica editais com os prazos e critérios de inscrição para Prouni, Fies e Sisu