O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta quarta-feira (5) uma nova versão do painel de acompanhamento das ações empreendidas pela pasta em resposta à pandemia da Covid-19. As informações podem ser acessadas no portal do MEC.

No site é possível ver um mapa do funcionamento das universidades e dos institutos federais em todo o país e como cada instituição reagiu aos limites e desafios impostos pela pandemia no tocante à organização das aulas. Em nenhum caso, o planejamento pedagógico foi suspenso.

Ministério da Educação

Em razão da emergência sanitária, cada universidade e instituto adotou um calendário específico

Em razão da emergência sanitária, cada universidade e instituto adotou um calendário específico e vem em geral empregando sistemas de aulas remotas. 

Sobre os cursos de pós-graduação, o painel aponta que das 69 universidades federais, 63 estão com aulas remotas, quatro com atividades parcialmente presenciais e duas com aulas totalmente presenciais.

Ações

O painel lista ainda as ações de enfrentamento da pandemia e o envolvimento das instituições federais de ensino no processo. Foram identificadas 1.680 ações que, segundo o MEC, teriam beneficiado 24,9 milhões de pessoas.

A produção de álcool em gel e álcool 70%, por exemplo, já vem sendo realizada por 91 instituições de ensino. A fabricação de equipamentos de proteção individual (EPIs) foi implantada em 88 universidades e institutos. Já outras 86 instituições disponibilizaram atendimento e apoio psicológico a quem contraiu o vírus.

O painel lista também outras iniciativas, como a produção de materiais educativos (82) instituições, assessoramento às secretarias estaduais e municipais de Saúde (63), distribuição de alimentos (61), capacitação de profissionais (59), teleatendimento para esclarecimento da população (57) e fabricação de máscaras e outros EPIs (54).

Colação antecipada

O painel também sistematiza informações sobre atos de colação de grau antecipados, incluindo todos os tipos de instituição de ensino, das públicas às privadas. Atualmente, esse recurso foi utilizado para 5,5 mil médicos, 1,3 mil enfermeiros, 552 fisioterapeutas e 400 farmacêuticos.

Leia mais:
Termina hoje prazo para inscrições de bolsas remanescentes do Prouni
Apenas 10% das escolas municipais não reabriram devido à greve sanitária em BH, afirma prefeitura