O Governo de Minas anunciou nesta terça-feira (29) que vai dobrar o repasse destinado a alimentação dos estudantes das escolas estaduais. A medida passará a valer a partir de 2016, quando a verba para merenda escolar será de R$ 300 milhões, o que equivale a R$ 0,60 por aluno.

Conforme a Secretaria de Estado da Educação (SEE), atualmente o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repassa cerca de R$ 150 milhões para a alimentação dos estudantes. A partir do ano que vem, a cada um real destinado pelo governo federal à merenda escolar, outro um real será investido pelo governo do Estado.

Com a decisão, o governo pretende melhorar a qualidade e a variedade do alimento que é oferecido aos estudantes. Desde 2010, o repasse per capita dos recursos federais não aumentava e estava estacionado em R$ 0,30.

Em Minas, a compra dos alimentos é feita diretamente pelas escolas por meio das caixas escolares.

Nutricionistas

Além disso, o Governo de Minas informou que vai contratar 53 nutricionistas para atuar em cada Superintendência Regional de Ensino (SRE) e outros seis profissionais para atuar no órgão central.