As 101 unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Minas Gerais tiveram os atendimentos parcialmente interrompidos por causa da pandemia do novo coronavírus. A partir de agora, não haverá mais divulgação das vagas de emprego. De acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese-MG), o serviço foi temporariamente suspenso para evitar a aglomeração de pessoas e, assim, diminuir a transmissão da Covid-19.

Também foram cancelados o cadastro de trabalhadores, atualização de perfil, processo seletivo e emissão de cartas de encaminhamento às vagas de emprego. Ficam mantidos a intermediação de mão-de-obra e os requerimentos ao seguro-desemprego. No entanto, só serão atendidos presencialmente trabalhadores que postaram o requerimento do benefício on-line e receberam a notificação: “aguardando confirmação do posto de atendimento”.

"As unidades permanecerão em funcionamento para o serviço de captação, intermediação, convocação (com encaminhamento direto) e administração de vagas, cujo atendimento seja estritamente realizado por telefone ou e-mail", detalhou a Sedese.

Em caso de dúvida, o trabalhador pode ligar na Central Alô Trabalho, pelo número 158.

Leia mais:
Câmara aprova medidas para enfrentamento ao coronavírus
Com e sem aulas online, mães contam como lidam com filhos em casa