Eleitores de quatro cidades mineiras vão às urnas neste domingo (29) para definir os novos prefeitos e vice-prefeitos durante o segundo turno das eleições municipais. Em Contagem, na Grande BH; Governador Valadares, no Vale do Rio Doce; Juiz de Fora, na Zona da Mata; e Uberaba, no Triângulo Mineiro, nenhum candidato obteve mais de 50% dos votos válidos durante o primeiro turno e, por isso, a necessidade de uma nova votação.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TER-MG), cerca de 1 milhão e 277 mil pessoas devem votar em um dos dois candidatos que disputam o cargo em cada cidade. A votação será das 7h às 17h, sendo das 7h às 10h preferencialmente para os eleitores a partir dos 60 anos.

Outras regras do primeiro turno continuam válidas, incluindo o uso obrigatório de máscaras de proteção nos locais de votação, a recomendação para o eleitor levar sua própria caneta e ir votar sozinho, e a não utilização da biometria.

O TRE alerta, ainda, para a identificação correta dos locais de votação. É preciso que os eleitores chequem com antecedência, evitando transtornos no domingo. A consulta pode ser feita no aplicativo do e-título, no site, pelo telefone (61) 9637-1078, ou pelo disque-eleitor, através do número 148.

Justificativa

O eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral poderá justificar a ausência no próprio domingo, através do aplicativo e-título. Quem não concluir o trâmite no dia da votação, e quem deixar de votar por outros motivos, terá até o dia 28 de janeiro de 2021 para fazer a justificativa também pelo aplicativo ou no sistema Justifica, sendo necessário apresentar um documento que comprove o motivo da ausência.

Os eleitores que não votarem e não justificarem ficarão em situação irregular perante a Justiça Eleitoral e precisarão pagar uma multa de R$3,51. 

Visitas do presidente do TRE

O presidente do TRE, o desembargador Alexandre Victor de Carvalho, irá a três das quatro cidades mineiras que terão o segundo turno. Os deslocamentos serão feitos em um avião da Polícia Militar e terão a seguinte ordem: Governador Valadares, Juiz de Fora e Contagem. Em cada uma dessas cidades, o presidente vai visitar um local de votação para acompanhar a movimentação de eleitores e o trabalho dos mesários. Ele não irá a Uberaba por questões de logística dos deslocamentos e por causa das condições climáticas previstas para domingo.

Leia mais:
Cidadão comum pode monitorar eleições; apps possibilitam denunciar e acompanhar a apuração
Falta de justificativa por não votar impede expedição de documentos
TSE registra 264 crimes de violência contra candidatos desde janeiro