Os moradores da pacata Sapucaí-Mirim, cidade de no Sul de Minas Gerais com menos de 7 mil habitantes, foram acordados na madrugada desta segunda-feira (11) por sons que mais pareciam de um cenário de guerra. Um bando fortemente armado invadiu o município e efetuou diversos disparos, além de usar explosivos para arrombar o cofre de uma agêcia do Banco do Brasil. A polícia suspeita que a ação foi orquestrada por uma mesma quadrilha que explodiu, simultaneamente, outras três agências bancárias em São Bento do Sapucaí, cidade de São Paulo que fica a cerca de 30 km do município mineiro.

O tenente Eduardo Sales, do 56º Batalhão da Polícia Militar (PM), conta que a invasão aconteceu por volta das 3h. "Eles fecharam algumas ruas próximas à agência bancária e efetuaram vários disparos para o alto. Após explodirem o cofre, eles fugiram em direção ao estado de São Paulo. Ainda não sabemos a quantidade exata de infratores que estiveram em Minas, mas acreditaos que eles seriam do mesmo grupo que explodiu as agências em São Bento do Sapucaí", explica o militar. 

Até o momento ninguém foi identificado ou preso pelo crime. Na fuga, os bandidos chegaram a espalhar miguelitos (pregos cruzados usados para furar pneus) nas vias de acesso à cidade mineira. "Não chegou a haver troca de tiros com os militares e os dois veículos usados na ação ainda não foram encontrados. Esta não é a primeira vez que isso acontece aqui. Há cerca de quatro anos tivemos outro crime parecido. Por ser uma cidade pequena, a população sempre fica muito assustada, comovida", conta o tenente Sales. 

Crime na divisa

Em São Bento do Sapucaí, os criminosos atacaram três agências, sendo elas do Banco do Brasil, Santander e Bradesco. Enquanto parte do bando executava as explosões, alguns suspeitos chegaram a cercar a base da Polícia Militar paulista e dispararam diversas vezes contra o imóvel. Felizmente ninguém ficou ferido durante o ataque. 

Agora, as polícias dos dois Estados trabalham em conjunto na busca pelos criminosos. 

Leia mais:
Bandidos invadem Câmara do interior de Minas e explodem caixa eletrônico
Cidade do Sul de Minas tem agência bancária destruída por criminosos; ninguém foi preso
Criminosos explodem agência bancária no Sul de Minas