Já choveu mais do que o esperado para todo o mês em quatro das nove regiões de Belo Horizonte. Nesses locais, só nos 11 primeiros dias de fevereiro, o volume de precipitações ultrapassou a média, que é de 181,4 milímetros (mm). Para esta terça-feira (11), a Defesa Civil alerta para mais água na capital.

Os índices são maiores do que a média climatológica nas regiões Oeste, Centro-Sul, Noroeste e Barreiro, conforme acumulado pluviométrico atualizado até 7h desta manhã pela Prefeitura de BH.

A pior situação é a da regional Oeste, onde está a Teresa Cristina, avenida já tão castigada em janeiro. Nessa área, já choveu 136% do esperado, totalizando 246,4 mm. Veja abaixo:

Defesa Civil

Região Oeste é a mais castigada

Alerta

Em novo comunicado, a Defesa Civil municipal alertou para a ocorrência de pancadas de chuva entre 40 e 60 mm, com raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h. O aviso é válido até 8h desta quarta-feira (12). 

Com céu nublado durante todo o dia, a temperatura na capital não deve ultrapassar os 27°C nesta terça. Na madrugada, a mínima chegou aos 19°C. 

Recomendações durante a chuva

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.⠀⠀
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.⠀
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Leia mais:
Volume de chuvas pode ultrapassar os 100 mm nesta semana; Defesa Civil emite novo alerta
Depois do temporal, BH registra o mês de mais chuva em toda a sua história; acumulado é de 923 mm
Atingida por chuvas, faixa do Anel é liberada no sentido RJ; marginal contrária segue fechada