O atendimento a pacientes com suspeita de dengue lotou o Centro de Saúde Santa Terezinha, no bairro de mesmo nome, na região Noroeste de Belo Horizonte. A unidade está aberta neste sábado (4) para atender aos casos da enfermidade causada pelo Aedes aegypti e também para o dia D de vacinação contra a gripe. 

A coordenação do centro de saúde informou que, somente entre 8h e 11h, foram registrados 75 pacientes. A média para atendimento é entre 2h e 3h. Na unidade além da consulta com médico, pessoas que apresentam sintomas da dengue realizam exame de sangue e passam por hidratação oral e venosa. Os testes laboratoriais são colhidos no centro de saúde e levados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro. Os resultados têm demora 2h para serem liberados. “Na regional Pampulha o Santa Terezinha é um dos bairros em situação mais crítica. São muitas notificações”, disse a gestora da unidade ao Hoje em Dia.
 
Simon

A média para atendimento é entre 2h e 3h

 
A revisora de textos Maria Aparecida Ribeiro, de 45 anos, veio com a filha, de 7, para atendimento. As duas estão com dores pelo corpo, náuseas e com manchas na pele. Moradora do bairro Santa Branca, na Pampulha, ela está pelo segundo dia seguido em um centro de saúde em busca de atendimento. “Ontem eu fui ao Centro de Saúde Santa Amélia às 8h e só fui liberada às 16h. Os exames não constataram nada e voltei hoje com minha filha”, conta. 

Já aposentada Maria de Lourdes Castro, de 56 anos, está receosa com um possível diagnóstico da doença. Há quatro anos ela foi contaminada pelo vírus do Aedes aegypti. “Desta vez está bem pior. Os sintomas estão mais fortes. Como o atendimento está lento, eu estou tomando paracetamol por minha conta”, diz. 

Apesar da auto-medicação, a recomendação das Secretarias Municipal e Estadual de Saúde é de que as pessoas não tomem medicamentos por conta própria. O conselho é para fortalecerem a hidratação.
Atendimento 

Neste sábado, os Centros de Saúde: Santa Terezinha (Pampulha), São Bernardo (Norte), Pompeia (Leste), Betânia (Oeste), Carlos Prates (Noroeste) e Carlos Chagas (Centro Sul), estarão abertos para aplicar a vacina contra influenza e também atender aos pacientes com sintomas da dengue. O funcionamento será das 8 às 17 horas. Os endereços podem ser consultados no site da PBH.