Em meio a uma crise sobre abastecimento de água, uma atitude chamou a  atenção de quem passou pela Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte. Tradicional movimento dos sábados à tarde, a Praia da Estação esteve presente mais uma vez neste fim de semana. Contudo, não foi a animação e a irreverência costumeiras ao movimento que levantou debate, mas o uso de um caminhão-pipa para refrescar os foliões.
 
Normalmente o artifício é usado para suprir a ausência das fontes da praça, que raramente estão ligadas durante a realização do evento. Estima-se que cerca de 10 mil litros de água foram usados para o deleite dos "banhistas" presentes no local.
 
A reportagem do Hoje em Dia tentou, sem sucesso, conversar com organizadores da Praia da Estação para que pudessem comentar o assunto. 
 
Crise hídrica
 
Na quinta-feira (22) a presidente da Copasa, Sinara Meireles, veio a público admitir que a situação dos reservatórios do estado é crítica, sobretudo em BH e Região Metropolitana. Ela fez um apelo e pediu para que a população fizesse um corte de 30% no consumo para tentar aliviar o desabastecimento. Se a situação atual for mantida, a expectativa é a de que, até abril, medidas severas, como interrupções programadas no fornecimento e multa a quem extrapolar o limite estabelecido, sejam colocadas em prática. 
 
Na última terça-feira, o Hoje em Dia mostrou que o nível do reservatório Vargem das Flores, na divisa de Contagem e Betim, estava muito baixo, com apenas 28% da capacidade, segundo dados atualizados.  Se levado em consideração todo o volume disponível nos dois sistemas de captação (Velhas e Paraopeba), a disponibilidade é de 30% de água na Grande BH. Em janeiro do ano passado, o índice era de 78%.
 
O Hoje em Dia mostrou em reportagem publicada neste sábado (27) que o problema foi alertado em 2011, mas não surtiu efeito, convergindo para a grave situação atual.
 
Fiscais da Água
 
Lavar calçada toda semana, deixar a mangueira aberta e vazamentos na rede hidráulica são exemplos de desperdício de água. Em tempos de crise não podemos ficar sem fazer nada. O Hoje em Dia lançou nesta sexta-feira (22) a campanha “Fiscais da Água”. Ajude-nos a denunciar a falta de cidadania. Flagrou alguma coisa? Envie-nos fotos e vídeos para nossas redes sociais:
 
• facebook.com/jornalhojeemdia
• twitter@portal_hd
• whatsapp 8372-1031
• portal@hojeemdia.com.br