O público que esteve na noite de sábado (2), nos shows de O Rappa, Yeah Yeah Yeahs e Red Hot Chili Peppers - entre outros -, no Circuito Cultural Banco do Brasil, em Santa Luzia, na Grande BH, criou uma forma, pelas redes sociais, para ajudar quem perdeu objetos e eletrônicos no evento.
 
Em meio às reclamações sobre a organização - problemas com banheiros, atraso em show e filas -, os fãs das bandas começaram a divulgar na página do festival, no Facebook, o material encontrado durante os shows.
 
No domingo (3), um jovem, com o nome de Elias Braga, postou a foto de um iPhone na rede, dizendo que o encontrou no mictório. O rapaz informou ao dono que o aparelho estava sem bateria, mas já foi recarregado e estaria à disposição para devolvê-lo.
 
A solidariedade se ampliou e outro homem, identificado pelo perfil Leonardo MinasMusic, criou uma postagem para que os demais usuários possam divulgar os produtos encontrados ou perdidos no evento.
 
Em poucas horas, diversas pessoas relataram que ficaram sem aparelhos de celular, carteira, documentos e outros objetos. Em alguns casos, elas afirmam que foram roubadas. Apesar da ajuda, pelos comentários, parece que mais ninguém encontrou os materiais.
 
A Nó de Rosa Produções, uma das responsáveis pela organização do Circuito Cultural Banco do Brasil, informou que quem tiver algum objeto e quiser devolver, pode entrar em contato com a empresa (detalhes aqui). A assessoria evitou comentar a questão da segurança.
 
Sobre as críticas em relação aos problemas ocorridos no festival, a produtora divulgou uma nota afirmando que seguiu rigorosamente todas as normas e indicações dos orgãos públicos e fiscalizadores. Porém, alguns fatores e acontecimentos externos teriam feito com que as condições fossem alteradas.