No domingo, uma mulher ferida e uma criança morta. Na terça, destruição e, por pouco, não acontece uma nova tragédia. Em menos de 36 horas, Belo Horizonte registrou dois graves acidentes envolvendo ônibus. O primeiro no bairro Céu Azul, na região da Pampulha, e o segundo no Novo São Lucas, Centro-Sul da metrópole.

ônibus acidente novo são lucas
O acidente foi por volta de 6h, assustando os 80 moradores; Defesa Civil não apontou risco na estrutura

Nesse último, o motorista da linha 9501 (São Lucas/ Jaraguá) evitou o pior. Ele bateu o veículo em uma estrutura de vidro de um prédio residencial, na rua Nísio Batista de Oliveira. O condutor estava sozinho e a suspeita é a de que o coletivo tenha perdido o freio.

“Desci logo que ouvi o barulho. Para evitar uma tragédia, ele jogou (o ônibus) aqui no prédio, de lateral. Graças a Deus não aconteceu nada com ninguém”, contou o síndico Vinicius Gomes, que estava em casa com a esposa no momento da batida. A colisão foi por volta das 6h, assustando os cerca de 80 moradores do edifício.

A Defesa Civil de BH vistoriou o imóvel e concluiu que não houve danos à estrutura. Sobre as causas do acidente, a BHTrans vai aguardar o trabalho da perícia. Segundo a autarquia, a autorização de tráfego do veículo estava em vigor. A última vistoria ocorreu mês passado. A empresa responsável pela linha disse que apura as circunstâncias.

Morte

Já na noite de domingo, uma criança de 2 anos morreu no grave acidente da região da Pampulha. O atropelamento foi por volta das 19h na rua Padre Paulo Regolio. O condutor, de 29 anos, ficou em choque. “Meu Deus, o que eu fiz? Pelo amor de Deus”, teria dito, segundo o relato de uma testemunha à PM. As causas da fatalidade ainda serão esclarecidas pela polícia.

Em nota, a BHTrans informou que, periodicamente, motoristas e agentes de bordo passam por treinamento. Eles participam de “treinamentos e oficinas que reforçam a importância e a necessidade de práticas corretas de direção, que privilegiem a segurança de passageiros e pedestres e ainda contribuam para a mobilidade urbana”.

Com informações de Anderson Rocha e José Vítor Camilo

Leia Mais:

Acidente com três ônibus do Move deixa 43 feridos na avenida Antônio Carlos

Colisão entre dois veículos do Move deixa nove feridos na avenida Antônio Carlos

Ônibus bate em caçamba e invade casa após motorista ter 'apagão' em Neves; veja fotos