Discursos contrários aos atos de violência contra mulheres, exaltando Jesus Cristo, pregando amor ao próximo e a felicidade. Este é o tom de publicações feitas por Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, que matou a ex-namorada com golpes de faca no pescoço e, posteriormente, invadiu uma igreja evangélica onde matou três fieis a tiros na noite dessa terça-feira em Paracatu, na região Noroeste de Minas Gerais. 

Em um post de 3 de dezembro de  2016, Rudson compartilhou uma imagem dizendo que "mulher foi feita para ser amada, não maltratada". Na mesma publicação, havia outra imagem dizendo que o "o homem também aborta quando abandona a mulher grávida, quando não reconhece o filho e quando foge da paternidade". 

Já em outro posto de 16 de dezembro de 2016, Rudson compartilhou outra imagem com os seguintes dizeres: "Violência contra Mulheres... Se você é contra isso, compartilhe". Observando o perfil do homem, também são comuns posts declarando religiosidade. "Tudo posso naquele que me fortalece. obrigado Deus. O lugar mais alto que quero chegar é sob os teus pés Jesus, abençoe a todos cem vezes mais que a mim (sic)", escreveu em 20 de março de 2017. 

Mensagens motivacionais também eram compartilhadas pelo homem. "A verdadeira felicidade, aquela que tanto procuramos, muitas vezes em lugares distantes está  mais próxima do que nós imaginamos, dentro de nós mesmos. Com Jesus tudo é possível, tudo é só alegria... Reflitam ok, abçs (sic)", publicou Rudson, juntamente a uma foto dele pilotando uma moto em fevereiro de 2017. 

Leia mais: 
Prefeitura de Paracatu decreta luto de três dias em homenagem às vítimas de massacre em igreja
Vídeo mostra atirador invadindo igreja antes de matar fiéis em Paracatu; assista
Populares tentaram invadir hospital que autor de massacre em Paracatu está internado
Polícia abre inquérito para apurar massacre com quatro mortes em Paracatu
Corpos de vítimas de massacre em igreja de Paracatu são velados nesta manhã
Homem mata a ex-namorada, invade igreja evangélica em Paracatu e abre fogo contra fiéis