Um homem de 21 anos foi detido, na madrugada deste sábado (3), suspeito de participar de um racha na avenida João César de Oliveira em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele acabou atingindo o veículo que dirigia na portaria do 18° Batalhão de Polícia Militar, danificando ainda o letreiro com a marca da PM, o muro, cones de sinalização e a fiação elétrica da guarita. 

Militares que estavam de sentinela no momento do acidente observavam um Palio de 1997 e um Celta pareados e seguindo em alta velocidade pela via. Em determinado momento, o motorista do Palio perdeu o controle da direção e o veículo acabou se chocando violentamente contra o letreiro da PM e, em seguida, atingindo o muro do batalhão e levando os cones e a fiação. 

A frente do veículo, que estava no nome do condutor, ficou completamente destruída. No carro, estavam ainda outros quatro jovens, com idades de 17 a 22 anos. 

O motorista negou que estivesse fazendo um racha e alegou ter sido fechado pelo Celta e que, por isso, perdeu o controle da direção. Ele se recusou a passar pelo teste do bafômetro, mas os militares não notaram sinais visíveis de embriaguez. Um dos ocupantes do Palio reclamou de dores no braço, mas dispensou o atendimento médico do Samu e disse que depois iria procurar uma unidade de saúde. Os demais ocupantes do veículo não sofreram nada. 

Após o acidente, o carro foi apreendido e o motorista foi levado para a Delegacia de Plantão de Contagem. Ele também teve a carteira de habilitação apreendida. 

Leia mais:

Motorista fica gravemente ferido após bater na traseira de um ônibus no Anel Rodoviário
Carreta tomba e interdita o trânsito na BR-381, na região Central de Minas