Pelo menos 276 ocorrências de focos de incêndio em vegetação foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros em Minas das 7h desse sábado (17) até às 8h deste domingo (18). Por conta do clima seco, a incidência desses casos aumenta nessa época do ano. 

De acordo com a corporação, só no sábado, a Região Metropolitana de Belo Horizonte foi responsável por quase 70 chamados para combater o fogo.

Por volta das 15h40, os militares foram acionados para conter as chamas que atingiram a Serra do Rola-Moça, próximo a uma linha férrea e ao Clube da Copasa, no Barreiro, com focos próximos aos bairro Buritis, em BH, e Vila da Serra, em Nova Lima. O combate começou minutos antes, com ação dos brigadistas do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda). 

Em Sabará, na Grande BH, um incêndio na vegetação atingiu residências por volta das 16h35. Segundo os bombeiros, pessoas atearam fogo na mata e as chamas se propagaram e atingiram o telhado de duas casas e fiação da Cemig. Foram ao menos 5 mil m² de área queimada.

No bairro Cabana do Pai Tomaz, segundo relato de moradores, as chamas teriam começado com uma brincadeira que acidentalmente saiu do controle. Crianças estariam brincando perto da mata com um tipo de bombinhas caseiras. Por conta do fogo, algumas famílias precisaram sair de casa.

Leia mais:

Picape com casal cai em barranco e capota no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte
Uma a cada cinco pessoas do grupo prioritário tomou as duas doses da vacina contra a Covid em BH