Sobe de seis para nove o número de mortes por dengue em Belo Horizonte. O dado foi divulgado nesta sexta-feira (24), pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). Segundo a prefeitura, o número de confirmações da enfermidade também subiu: foram cerca de cinco mil novos registros de dengue na capital mineira, saltando de 15.491 para 20.562.

Além dos casos certos, neste ano, até o momento, há 46.901 casos pendentes de resultados, o que significa que o número deve subir. Já 10.228 casos foram investigados e descartados. 

PBH

Veja todos os dados

A região com o maior número de casos confirmados é a do Barreiro, com 7.281 confirmações. Para tentar conter o avanço, a prefeitura informou que realizará, na próxima semana, palestras educativas justamente em escolas da região do Barreiro para conscientizar os alunos sobre as formas de eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti. 

Segundo a prefeitura, o objetivo é fazer com que esses estudantes sejam multiplicadores, transmitindo as orientações recebidas na palestra para casa e comunidade. 

- Escola Estadual Alberto Delpino
Endereço: rua Francisco Duarte Mendonça, 2282 - Miramar
Dia: 27/05
Horário: 10h

- Escola Estadual Francisco Bicalho
Endereço: av. Olinto Meireles, 2632 - Barreiro de Cima
Dia: 28/05
Horário: 10h 

De acordo com a prefeitura, os três Centros de Atendimento à Dengue (CAD) mantêm o atendimento aos pacientes, funcionando das 7 às 18 horas. Os CADs são serviços especializados para atender de forma espontânea pessoas com sintomas da doença. Endereços:

- CAD Barreiro (Praça Modestino Sales Barbosa, 100 – bairro Flávio Marques Lisboa);
- CAD Nordeste (Rua Joaquim Gouvêia, 560 – bairro São Paulo);
- CAD Venda Nova (Rua Padre Pedro Pinto, 175 – 2º andar).

Chikungunya

Em 2019, foram notificados 148 casos de chikungunya, em residentes de Belo Horizonte. Foram confirmados 23 casos, dentre os quais, sete contraídos no município, nove importados e sete foram contraídos em locais com origem indefinida. Há 125 casos em investigação para a doença.

Zika

Já em relação à zika, neste ano, foram notificados 175 casos da doença em residentes da capital. Há um caso confirmado para a doença, enquanto 85 foram descartados e 89 permanecem em investigação.

Leia mais:
Dengue 'explode' e BH tem duas mortes e cinco mil casos confirmados em uma semana