Empregado bêbado mata patrão, enquanto ele dormia, com 30 golpes de machado no Triângulo Mineiro

Milson Veloso - Hoje em Dia
05/11/2013 às 09:35.
Atualizado em 20/11/2021 às 13:55
 (Polícia Militar)

(Polícia Militar)

Um homem, de 35 anos, foi preso no fim da tarde de segunda-feira (4), em Veríssimo, no Triângulo Mineiro, depois que atacou e matou o patrão, de 49. A vítima foi atingida com um machado em uma fazenda do município.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Adaildo José de Castro estava bêbado quando cometeu o crime. Após dar os primeiros golpes no homem, que estava dormindo em uma cabana do distrito de Velha de Baixo, o suspeito chamou o sócio do chefe para relatar o ocorrido.

Ao ver o amigo ensanguentado na cama da fazenda, onde cuidavam de uma carvoaria, o sócio saiu para pedir ajuda e abordou uma ambulância às margens da BR-262. Neste intervalo, o suspeito aproveitou para terminar o serviço e matar o empregador. Ele levou cerca de 30 golpes de machado e morreu antes de o socorro chegar ao local.

Segundo o sargento Wemerson França, que acompanhou o caso, o trabalhador - natural do Piauí - confessou o assassinato e alegou que eles tiveram um desentendimento recentemente. Os sócios queriam proibí-lo de beber no trabalho.

"Os dois discutiram por causa de bebida e o patrão teria dado um tapa no rosto dele", informou o militar. "Ninguém bate na minha cara. Se bater eu mato qualquer um", justificou o autor do crime ao policial. "Eu aproveitei que ele estava dormindo e pensei: vou matá-lo agora", confessou Adaildo.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Uberaba, também no Triângulo, onde o suspeito está detido em uma delegacia.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por