A forte chuva que cai desde a última terça-feira (19) no município de Ferros, região leste do estado, causou o transbordamento do Rio Santo Antônio, que corta a cidade, deixando cerca de 600 pessoas desalojadas e 30 casas destruídas. Não há notícia de vitimas fatais. A enchente arrastou casas e também animais, destruindo inclusive pontes.

O prefeito de Ferros, Carlos Castilho, decretou estado de calamidade no município. Segundo ele, Já foram mobilizamos defesa civil e corpo de bombeiros e já foram removidas todas as pessoas que estavam em locais de risco."A água invadiu boa parte da cidade e seu nível só vem subindo. Perdemos pontes, escolas, hospitais, estimamos um prejuízo que gira em torno de 2 milhões, mais só vamos ter certeza desse prejuízo quando a água baixar e conseguirmos ver quais estruturas foram comprometidas".

A assistente administrativa, Amanda Soares Barbosa, 29, conta que sua casa não foi afetada por que fica em uma região mais alta da cidade. Segundo ela, uma casa desabou na avenida Amir soares de carvalho, a principal da cidade."Tem uma rua inteira alagada, só tem o telhado das casas aparecendo. É impossível se locomover na cidade, a situação é desesperadora", afirma.

Amanda conta ainda que a ponte que ficava no centro da cidade e servia para a a travessia de pedestres foi levada pelas águas. "O rio não para de subir, ele sobe muito rápido e está chovendo muito", conclui.

O Corpo de Bombeiros informou que tem algumas viaturas se deslocando para a cidade. Ainda segundo a corporação, um helicóptero "Arcanjo" foi destacado para ajudar no resgate às pessoas ilhadas, mas teve que retornar ao local da decolagem por conta do mau tempo na região.

Atualizada às 21h11