Uma Praça da Liberdade mais viva e ativa. Este é o objetivo do secretário estadual de Cultura, Marcelo Matte, ao buscar transformá-la numa área de lazer pública e gratuita para os belo-horizontinos. A secretaria solicitará à Prefeitura de Belo Horizonte para que as ruas do entorno da praça sejam fechadas ao trânsito durante os finais de semana, para que possam ser implantadas atividades ao ar livre.

O Palácio da Liberdade, adianta Matte, será incorporado ao Circuito Cultural da Praça da Liberdade. “Nossa intenção é retirar os gradis do Palácio, pois não tem sentido um lugar levar o nome de Liberdade e ser fechado“, observa.

O desejo do secretário, manifestado durante coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (28), na Cidade Administrativa, é de conceder outros prédios do local, como o Palacete Dantas, para que instituições possam oferecer atividades culturais.

Exemplo

A capital mineira já tem um projeto que fecha ruas aos domingos para ampliar a área de lazer da população. Trata-se do programa "BH é da Gente". Atualmente, este são alguns dos trechos interditados:

- Savassi, das 7h às 14h, nos trechos de cruzamento das avenidas Getúlio Vargas e Cristóvão Colombo, bairro Funcionários, região Centro-Sul.

- Silva Lobo, das 7h às 14h, no espaço entre as ruas Xapuri e Garret, bairros Grajaú e Nova Granada, região Oeste.

- Av. Guarapari, das 7 às 14h, no espaço entre a Avenida Portugal e Rua Deputado Salim Nacur, bairro Santa Amélia, região da Pampulha.

(Com Renata Evangelista)