O retorno das aulas presenciais em Minas foi debatido nesta quarta-feira (30), durante o terceiro dia do Assembleia Fiscaliza, que recebeu a titular da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Julia Sant'Anna. A representante da pasta falou sobre a possível volta das atividades em cidades inseridas na Onda Vermelha do Plano Minas Consciente e se posicionou quanto à importância das escolas, também no atual cenário.

“Como secretária de Educação, na minha visão, escola deveria ter sido o último ambiente a fechar e o primeiro a abrir”, disse.

Quanto ao retorno em municípios incluídos na Onda Vermelha, a secretária revelou que o tema vem sendo debatido pelo governo de Minas e que há uma previsão.  

“A gente entende que é um momento muito importante. Nossas famílias estão há muito tempo sem aula. Com todo o cuidado e atenção, sob liderança da Secretaria de Saúde e nessa consciência que a totalidade dos munícios já iniciaram a vacinação dos professores (contra a Covid-19), estamos neste debate. Já há previsão de situações para funcionamento de escolas em Onda Vermelha. Seria apenas no momento, atualmente previsto, de retorno eventual, mas estamos nos preparando”, concluiu.

Desde a última segunda-feira (21), o retorno foi permitido para escolas localizadas em cidades incluídas nas ondas Amarela e Verde do plano do governo do Estado, desde que as prefeituras não apresentem restrições.

“Estamos nessa luta para termos a segurança de que todos os espaços estão prontos, com o que a Saúde determinar de adaptações e aguardando que essa decisão aconteça e que a gente possa cumpri-la, obviamente, com todo o cuidado necessário”, finalizou.

Contratação de profissionais

Questionada pela deputada estadual Ana Paula Siqueira (Rede) sobre a obrigação legal da inclusão de assistentes sociais e psicólogos nas escolas, a representante da pasta respondeu que um edital será divulgado em agosto para contratação de cerca de 460 profissionais. 

Leia mais:
Servidores da Educação protestam por melhores condições de trabalho e relembram mortes por Covid
Estudantes de Betim e Contagem, na Grande BH, voltam às aulas presenciais em agosto
Prefeitura de BH já estuda data para retorno das aulas presenciais do ensino médio