O Estado descartou nesta quinta-feira (16) adotar o lockdown como opção para reduzir mais rapidamente os casos da Covid-19 em Minas. Ao responder uma pergunta de uma seguidora nas redes sociais sobre a relevância do confinamento total, o governo de Minas informou que as medidas tomadas, até o momento, pela administração pública foram suficientes para o combate a doença. 

Segundo o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, os Planos de Contingenciamento Macrorregional; o programa de flexibilização controlada da atividade econômica, Minas Consciente; e a decisão judicial que obrigou municípios a garantirem o distanciamento social estão sendo eficazes no controle à pandemia.

O gestor reforçou a necessidade de que a população mantenha as medidas de higiene, isolamento social e uso de máscaras para que os esforços públicos continuem bem-sucedidos. "Lembrando que ou o município se encontra na deliberação 39, que é o Minas Consciente, ou, por força de decisão judicial, se submeta à deliberação 17", que também traz orientações para o distanciamento social.

Zema entrega respiradores

Em coletiva na Cidade Administrativa, Marcelo Cabral informou que o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), e o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, estão em viagem para entrega de respiradores. 

Segundo o gestor, que não informou a quantidade de equipamentos enviada, as solenidades ocorrem no Hospital Municipal Antônio Carneiro Valadares, em João Pinheiro, no Noroeste de Minas; no Hospital São Salvador, em Além Paraíba, na Zona da Mata; e no Hospital Santa Catarina, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Medicamento em Casa

O gestor ainda trouxe um balanço do "Medicamento em Casa", programa estadual, em parceria com um aplicativo de transporte, que leva remédios a pacientes pertencentes ao grupo de risco da Covid.

Até o momento, segundo o secretário, já foram entregues 4.252 medicamentos a 2.888 pacientes em Belo Horizonte; 1.886 entregas a 1.056 em Juiz de Fora, na Zona da Mata; e outros 1.857 remédios enviados a 884 pessoas diversas.