Uma mulher foi presa e duas estão sendo procuradas, suspeitas de efetuarem várias compras em uma loja de móveis com documentação falsa, na tarde desta sexta-feira (1), em São José da Lapa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
 
De acordo com o cabo Rony Peter da 179ª Companhia do 36º Batalhão, Sabrina Vanessa da Silva, de 22 anos, juntos com as amigas Pamela Cristina Gonçalves Souza e Cirlene Souto de Oliveira usaram documentação falsa de duas mulheres para abrir um crediário na loja Araújo Móveis. Após as clientes levarem cerca de R$ 4 mil em mercadorias, a financeira da loja ligou avisando ao proprietário que a documentação das mulheres eram falsas. A polícia foi acionada. A estelionatária foi presa, na Alameda São Lourenço, bairro Jardim Encantado, onde os produtos foram entregues. Com ela, foram apreendidos identidade falsas, cartões bancários, CPF e comprovantes de endereços de duas mulheres, uma que mora em Belo Horizonte e a outra em Coronel Fabriciano.
 
A polícia acredita que a suspeita e as amigas que estão foragidas também vendiam atestados médicos falsos. Na casa onde elas moram, havia vários blocos e carimbos de médicos. A polícia faz rastreamento para localizar Pamela e Cirlene. Sabrinha foi levada à Delegacia de Plantão do bairro Glória. Todos os móveis comprados pelo trio foram apreendidos e devolvidos à loja.