A tentativa de aplicar um golpe em duas pessoas que estavam na sede do Departamento de Trânsito de Minas Gerais, o Detran, para renovar suas carteiras de habilitação resultou na prisão em flagrante de Deilson Gonçalves Miranda, de 35 anos, na manhã desta terça (19), nas dependências daquela unidade da Polícia Civil. Ele foi reconhecido por funcionários locais como sendo a pessoa que vinha aplicando uma modalidade de crime de estelionato contra cidadãos que compareciam ao local.

Durante a abordagem, Deilson estava acompanhado de duas vítimas que tinham se dirigido ao Detran para fazer a renovação de suas carteiras, tendo uma delas alegado que havia pago a quantia de R$ 2.100,00 ao golpista, e a outra, R$ 1.500,00 pelo serviço. O suspeito prometia facilitar junto ao departamento a realização dos exames médicos e de legislação.