Nesta quinta-feira (15), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que está fazendo manobras operacionais para garantir o abastecimento de água em Ubá, na Zona da Mata mineira, desde a quarta-feira (14). Essa não é a primeira vez que a estiagem afeta o suprimento de água da cidade. No ano passado, as medidas também precisaram ser tomadas em setembro e outubro, quando os níveis dos córregos Miragaia e Peixoto Filho, nos quais é feita a captação, ficaram baixos. A técnica é aplicada para evitar que seja feito o racionamento.
 
Os bairros mais afetados são:  Santa Bernadete, Santa Edwiges, San Raphael, Schiavon, São Domingos, Fazendinha, Santa Cruz, Pires da Luz, Derminas, Bom Pastor, São Sebastião, Inês Groppo, Laurindo de Castro, Cidade Jardim, Colina Jardim Glória, São João, Oséas Maranhão, São Mateus, Vale do Ipê, Vila Flanel e Meu Sonho.
 
Por meio de nota, a Copasa pediu a colaboração dos moradores do município para evitar o desperdício de água. Conforme a companhia, atitudes como lavar o carro com balde de água no lugar da mangueira; deixar a torneira fechada enquanto escova os dentes; tomar banhos rápidos, suficientes para a higiene corporal; aguar plantas com regador; e não lavar o passeio com água tratada ajudam a economizar água.