Um colombiano, que dirigia embriagado, avançou o sinal vermelho, provocou um acidente e matou uma pessoa, na madrugada deste domingo (30), na avenida Nossa Senhora do Carmo, na zona Sul de Belo Horizonte. A vítima, Daniel de Oliveira Lacerda, de 40 anos, era passageiro de uma van e morreu no local. O estrangeiro, César Augusto Martinez Loaiza, 29, foi preso em flagrante e não tem direito a fiança.

Loaiza vive em Belo Horizonte há cerca de dois anos. Ele confirmou ser o dono do carro e, num primeiro momento, negou que estivesse dirigindo no momento do acidente. Mas, em depoimento ao delegado de plantão do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), Pedro Ribeiro de Oliveira Sousa, voltou atrás e assumiu que conduzia o veículo. 

Sem fiança

Segundo o delegado, o colombiano será enquadrado nos artigos 302 e 304 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por homicídio culposo na direção de veículo e omissão de socorro, respectivamente. "Como as penas, somadas, ultrapassam cinco anos, ele deixa de ter direito a fiança e segue daqui direto para a cadeia", detalhou.

O motorista da van - que transportava cerca de 12 pessoas de uma festa de formatura - contou à Polícia Militar que seguia pela avenida Nossa Senhora do Carmo, sentido Centro, quando foi surpreendido pelo carro de passeio - de propriedade do estrangeiro - em alta velocidade, no sentido oposto. Ele teria tentado acelerar para evitar uma colisão, mas não conseguiu sair ileso.

Capotamento

A van foi atingida na traseira e, após o choque, capotou na pista. O rapaz que morreu bateu a cabeça no passeio. O corpo dele foi levado para o Hospital Municipal Odilon Behrens, na região da Lagoinha, na capital. A esposa da vítima, de 41 anos, fraturou costelas, teve uma lesão no fígado e foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O estado de saúde dos outros passageiros não foi informado.

Bafômetro

O colombiano se submeteu ao teste do bafômetro, que indicou 0,38 miligramas de álcool por litro de ar expelido. A concentração implica em crime de trânsito, com multa de R$ 1.915,40 e suspensão do direito de dirigir.

Loaiza será levado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Contagem, na Grande BH.

 

 Atualizada às 16h15