O estudante de medicina Victor Marcelino Mendes Martins de Carvalho, de 24 anos, foi encontrado morto na cidade de Lleida, na Espanha, na última quarta-feira (25). O universitário, natural de Belo Horizonte, ingressou na Universidade Federal de Viçosa (UFV), região Central de Minas, em 2010, na primeira turma do curso.
 
Contudo, desde setembro de 2014 ele estava na Universidade de Lleida como intercambista do programa Ciência sem Fronteiras. Por meio de nota, a UFV informou que as causas da morte ainda estão sendo investigadas.
 
Por meio de nota, a instituição informou que "está em contato com a administração daquela Universidade para acompanhar os desdobramentos do fato e vem prestando total apoio à família, com a qual a reitoria se solidariza".
 
O Itamaraty informou que foi comunicado oficialmente sobre a morte do universitário na semana passada. Assim que tomou conhecimento do caso, o consulado entrou em contato com os familiares do estudantes para prestar o apoio necessário e também com o Ministério da Educação (MEC).
 
O Itamaraty garantiu que está acompanhando as investigações sobre a causa da morte junto com as autoridades espanholas. Ainda não há data para o translado do corpo.
 
Atualizada às 12h43