Dois homens foram detidos por maus tratos a um cachorro em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O animal, que estava em um saco amarrado a uma moto, foi arrastado pela rua e arremessado em um matagal por um estudante de veterinária, de 36 anos.

Segundo informações da Polícia Militar, o outro detido, de 43 anos, é dono do animal que apresentava feridas, indicando que sofria maus tratos há mais tempo. Além disso, o cachorro tinha um quadro de desnutrição, conforme a veterinária que o atendeu após o ocorrido. Ele vai permanecer um período na clínica particular para onde foi encaminhado.  

A justificativa dada pelos dois aos policiais foi que o cachorro estaria com cinomose, uma doença de difícil cura. O estudante de veterinária teria tentado curá-lo. Mas, como o tratamento proposto por ele não obteve resultado, eles encontraram essa outra solução.

A motocicleta foi apreendida e os dois foram levados para a Delegacia de Plantão de Uberlândia onde foi assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o que normalmente é feito em crimes de menor potencial ofensivo. Ambos irão responder pelo crime em liberdade.