Estudantes de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, retornam às aulas presenciais de forma gradual a partir desta segunda-feira (7). A retomada, que não é obrigatória, ocorre de forma híbrida para crianças de 4 e 5 anos.

Conforme informou a prefeitura da cidade, os estudantes frequentarão as unidades de ensino de forma escalonada, duas vezes por semana. Em casa, eles seguirão utilizando a plataforma para atividades on-line. 

Inicialmente, a volta às aulas será para alunos das escolas municipais Iracema Prado da Silva e Dagmar Barbosa e das Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) Antônio Gomes Damião, Cecília Meireles, Cornelina Carvalho Silvério e Nossa Senhora Aparecida.

“As Umeis Maria Augusta da Silva Freire e Zelita Francisca Ramos retomarão as atividades assim que toda equipe estiver vacinada contra a Covid-19, pois a maioria não pôde ser imunizada dentro do prazo previsto por terem recebido a vacina contra a gripe”, informou a prefeitura.

Para o retorno, segundo a administração municipal, foram feitos investimentos para garantir a segurança dos alunos, como obras e reformas de quadras esportivas, construção de muros ecológicos e construção de 44 salas de aula em cinco escolas. Além disso também estão sendo feitas reformas estruturais e compra de itens essenciais.

Leia mais:
Covid-19 já matou 100 crianças e adolescentes em Minas desde o início da pandemia
Primeiro dia de vacinação para pessoas sem comorbidades tem movimento intenso em BH
Minas prevê vacinar toda população adulta com primeira dose até fim do ano